Menu
Carrinho

Placa (PCI)

Placa (PCI)

Placa de circuito impresso (PCI) é um placa fabricada em material isolante com uma ou mais camadas de material condutor, é utilizada para 

 sustentar e interligar eletricamente os componentes eletrônicos de um circuito eletrônico.

Placa utilizadas em protótipos, projetos caseiros ou de baixa complexidade pode utilizar placas com apenas uma camada de cobre, são as chamadas placas de circuito impresso de face simples, as placas com os dois lados revestidos são as placas de circuito impresso de face dupla.

Aparelhos profissionais que exigem alta densidade de trilhas e componentes eletrônicos, tem alta tecnologia podem ter placas mais de 8 faces condutoras, são as placas chamadas placas multicamadas ou Mulitlayers em inglês.

O lado isolante da placa de circuito impresso geralmente é produzido em fenolite, composite, fibra de poliéster, filme de poliéster, filmes específicos, base de diversos polímeros ou fibra de vidro.

O fenolite é mais barato, frágil e leve, nos projetos onde o custo deve ser o mais baixo possível devido uma concorrência é maior e pode ou deve-se utilizar trilhas mais grossas pode-se utilizar as placas de fenolite, um exemplo são as placas de TVs e monitores de tubo onde só se encontrava placas enormes de fenolite, com diversos componentes passivos, alguns transístores e poucos circuitos integrados.

O composite é um material intermediário, muitas vezes utilizado para substituir o fenolite.

já as placas de fibra de vidro são muito mais resistentes, pesadas e tem um valor mais alto. Circuitos eletrônicos com maior valor agregado e precisam ou podem arcar com custo maior,  como por exemplo placas de computadores que tem trilhas finas, circuitos integrados grandes e complexos e não podem ter torções, sempre são fabricados em fibra de vidro devido a resistência mecânica maior, o que impede torções e possíveis quebras de trilhas, mal contatos e soldas frias.

O uso de placas de circuito impresso na industria eletrônica trouxe grandes avanços para os circuitos eletrônicos e os aparelhos eletrônicos, porque antes das placas de circuito impresso os aparelhos eram montados em pontes de terminais, os terminais tinham que ser grandes para se ter espaço, o risco de curto era muito maior, a ocupação do espaço era muito ruim, a organização era horrível, entre outros problemas.

Inicialmente as placas de circuito impresso são fabricadas todas em cobre e posteriormente os desenhos dos circuitos são adicionados e o restante onde não tem os circuitos é eliminado por processos químicos. Os caminhos nas placas que conduzem a eletricidade como se fossem fios são chamados de trilhas e os pontos de solda dos componentes são chamados de ilhas.

Para melhorar o contato elétrico, impedir a oxidação, melhorar a soldagem as placas para uso profissional podem ser revestidas com outros materiais condutivos com por exemplo ligas à base de ouro, níquel, estanho chumbo e por último um verniz. 

As placa de circuito impresso são utilizadas em quase todos os produtos eletrônicos atuais, estão nos celulares, computadores, carregadores, fontes, monitores, lâmpadas de LED, alarmes, etc... Onde tem aparelho eletrônico com alguma complexidade tem uma placa de circuito impresso.

Quem necessita de uma placa para uma fabricação fará um desenho no computador e enviará para uma empresa fabricar, os detalhes técnicos serão ajustados entre o o projetista e o fabricante para se ter uma placa que atenda as necessidades com o menor custo, mas se necessita-se comprar uma placa de circuito impresso para confecção artesanal, primeiramente fazer um desenho em papel ou computador para se saber se a placa será com face simples ou dupla, de material fenolite ou fibra de vidro. 

Nos processos de confecção artesanais é importante pensar com será feita a furação da placa, porque o fenolite é fácil de ser furado e pode-se utilizar até pefuradores de placas manuais como os que temos a venda aqui no Soldafria, mas a fibra de vidro é muito resistente e não da para furar com perfuradores, exige que a furação seja realizada com broca e furadeira.

Uma boa opção também é utilizar as placas padrão, que já vem toda furada é por isso é fácil de montar um circuito eletrônico, se for bem feita com  a placa vai funcionar normal por muitos anos. Tudo vai depender do tempo que se tem para fazer a placa, do uso, necessidade do, qualidade desejada etc..